Total de visualizações de página

domingo, 19 de maio de 2019

Relato do professor Moisés Oliveira sobre o que passou no Hospital da Mulher


Professor Moisés é professor de História e Filosofia e tem um canal de debates e entrevistas chamado Filosoface 













Fomos ao Hospital Municipal da Mulher pois avisaram que estava funcionando e atendendo às gestantes. 

Quando chegamos la, para nossa surpresa, a atendente falou que a Unidade não estava fazendo nenhum tipo de atendimento, nem mesmo de urgência e/ou emergência, pois a unidade estava interditada. Relatei que a minha namorada estava sangrando e perdendo líquido e mesmo assim não atenderam. Nos disseram que era pra procurar a Maternidade de São Pedro e assim fizemos. 

Chegamos lá, o médico falou que só haviam três leitos disponíveis pois as gestantes de Cabo Frio estavam ocupando a maioria deles. 

As próximas, teriam que procurar a Maternidade de Bacaxá

1 hora depois...

Engraçado. Você faz uma postagem dizendo que o Hospital da Mulher não está funcionando. Aí um bando de fdp mentirosos, juntos a vereadores da situação, começam a tentar me fazer de mentiroso diante dessa situação DIZENDO QUE ESTOU FAZENDO POLÍTICA COM O OCORRIDO.

Bando de covardes.

Thainá Francisco está em São Pedro internada, foi muito bem recebida por sinal, pois aqui em Cabo Frio não foi atendida. Mesmo perdendo líquido e sangrando !

No mais... desejo sorte pra quem precisar da saúde de Cabo Frio 

Boa noite
 
Moisés Oliveira

2 comentários:

Ítalo Luiz Moreira disse...

Mais isso é um caso de saúde pública não é um caso de admiração .
(Ítalo Luiz Moreira )

Unknown disse...


Uma cidade rica com a maioria dos recursos centrealizado no gestor e distribuída para parte dos vereadores, uma cidade que não desenvolve, os ricos são os coronéis da polític quando chega o período de eleição eles vão buscar voto nas periferias e zonas rurais enganhando a população. Cabo Frio é um retrocesso.