Total de visualizações de página

segunda-feira, 24 de julho de 2017

Rapidinhas


















Perda para a cidade
- Morreu no sábado a dona Penha, mãe de Flavinho da Flavan, grande incentivadora do esporte local. É uma grande perda para a cidade. Toda força para a família


O quadro sócio-econômico e a ideologia de esquerda I
- Vc sabia que 48 milhões de pessoas se dizem empresários no Brasil ? São cerca de 34 % dos brasileiros em idade economicamente ativa. O percentual é maior que nos Estados Unidos, pátria do capitalismo, que possui cerca de 20 % de população ativa como empreendedora


O quadro sócio-econômico e a ideologia de esquerda II
-  O problema é que sete entre dez empresários recebem no máximo três salários mínimos (R$ 2,8 mil), o que os especialistas chamam de empreendedorismo de subsistência. Ou seja, o cara tem uma tendinha ou uma barraquinha de cachorro quente, mas se identifica como empresário.


O quadro sócio-econômico e a ideologia de esquerda III
- Temos, por outro lado, apenas 35 milhões de trabalhadores com carteira assinada, vivendo na chamada formalidade. Os demais vivem de sub emprego.     


O quadro sócio-econômico e a ideologia de esquerda IV
- Esses percentuais explicam muita coisa, sobretudo a facilidade com que o discurso de Direita é aceito por boa parte da população brasileira. Eu me arrisco a dizer que se Marx estivesse vivo diria que é absolutamente inviável uma proposta de esquerda em um país formado por uma imensidão de empreendedores e uma imensa massa disforme de lumpem proletários  


Pinóquio
- João Doria simplesmente inventou que estava apoiando um projeto de Magic Paula, que nem ao menos sabia do projeto. Temos um doente mental na prefeitura de São Paulo 


Impunidade para alguns
- A Justiça livrou da prisão o filho de uma desembargadora preso com 129 kg de maconha, armas e 199 munições. O caso ocorreu no Mato Grosso do Sul. Não é meigo ? 


Molecada do Vasco
- O Vasco escalou corajosamente um monte de garotos e venceu o Atlético lá em Minas. Será que vai dar certo sempre ? 

Nenhum comentário: