Total de visualizações de página

sábado, 25 de março de 2017

Rapidinhas



















O Ensino Médio Municipal
- O prefeito Marquinho Mendes ficou de responder a proposta enviada pela Câmara para não acabar com o Ensino Médio municipal. Pela proposta, há uma poupança de 24 milhões em 4 anos


Afastamento
- Cobrado pelo Ministério Público, Marquinho promete exonerar sua esposa nos próximos dias. Precisava deste desgaste todo ? 


Lançamento
- Foi lançado ontem em Cabo Frio o livro de Leandro Miranda sobre a queda do Zeppelin em Arraial durante a II Guerra. Agora, o livro pode ser encontrado na Nobel e no Paletas, no shopping


Triste
- Um assassinato ontem no bairro do Guarani foi destaque na mídia nacional. Cabo Frio só aparece na mídia com manchete ruim. Impressionante !


O mesmo problema
- Depois que publicizei o problema que estou tendo com a Prolagos, dezenas de pessoas manifestaram estar passando pelo mesmo problema, qual seja, estão sendo roubados pela empresa. Viu, Janio da CEDAE ? 


Piada
- No Brasil, o cara arruma um quiosque de cachorro quente e passa a se achar um grande empresário da FIESP e pensar como o Paulo Skaf. Acorda, molambo !


Isolado
- Temer hoje só tem o apoio da grande mídia golpista. A Globo é sua escudeira principal 


Grande exemplo
- O filho de Bolsonaro não votou a favor da Terceirização. E nem contra. Ele simplesmente não apareceu em Brasília para votar. Ele não apareceu para trabalhar nem mesmo quando o pai precisou de seu voto. É essa gente que quer mudar o Brasil. Só rindo ! 


Em casa
- Vc sabia que o STJ mandou soltar a esposa de Cabral ? É uma vergonha ! 


Maldição ?
- Pezão com câncer, Cornelles internado, Crivella com tumor. A coisa não anda boa para a cúpula política do Rio


Velho rosto
- Arqueólogos reconstituíram o rosto de um homem da Idade Média. Ele viveu na Inglaterra no século XIII 

5 comentários:

Alan do Chaparral disse...

Talvez algum marqueteiro político, tenha dito ao filho de Bolsonaro, que se ausentar de votações polêmicas, seja prova de sabedoria política, assim MM o sábio fez.

ALEXREP disse...

Não foi o STF, foi o STJ.

Gabriel De Biase disse...

Ele queria aproveitar da terra sem lei pra colocar a família empregada na prefeitura. Já que a cidade não tem emprego, seria um absurdo sua mulher se igualar aos centenas de desempregados. Em Cabo frio, uma mamatinha na prefeitura vale ouro, ainda mais em tempos tão escassos...
Tem que se aproveitar enquanto é tempo né? Afinal, não se sabe o que estar por vir desses tribunais..

Gabriel De Biase disse...

Qnt a Pezao e cornelles,
Quando se pratica o mal para com centenas de milhares de pessoas de bem, como servidores, professores e estudantes de instituições do bem como a UERJ, FAETEC e UENF; quando se mata todos os dias centenas e milhares de pessoas em hospitais submundo e sucateados devido roubalheira; quando se massacra centenas de trabalhadores da CEDAE com a perda de seus direitos; quando se submete civis há uma guerra urbana cruel e sanguinária... o universo só tem como lhes enviar toda essa energia do mal de volta mesmo.

Prof. Chicão disse...

Alan, sem a menor dúvida é menos desgastante se ausentar que ter ido lá votar SIM. As listas de deputados que votaram sim estão espalhadas pelo país. O nome dele não está lá.

A cara do seu candidato Janio, por exemplo, está nos postes de todo o Estado do Rio de Janeiro por ter votado SIM pela privatização da nossa água. Os que faltaram não estão

Isso é uma constatação material. Não é a minha opinião. Por mim se ausentar ou se abster é tão grave quanto, mas menos desgastante do que para aquele que vota