Total de visualizações de página

sábado, 11 de março de 2017

Analisando os setenta dias do governo MM - Análise II






















A Saúde


O caso da Saúde da cidade parece um pouco com o da Educação. Era impossível piorar. A Saúde nos últimos meses do governo Alair era simplesmente um caso de polícia.  

Logo, nesses 70 dias de 2017 é possível observar uma melhora geral no quadro. MM manteve a UPA aberta, o que muitos duvidavam. Mas o atendimento está sendo feito por poucos médicos. Ainda assim, é melhor assim do que não ter.

MM fechou o Hospital da Criança, o que é um ponto negativo. Os exames também estão demorando muito. Uma amiga tirou um raio X há um mês e o mesmo ainda não saiu. Mas não há dúvidas de que melhorou o atendimento no Hospital de Jardim Esperança e no de Tamoios. 

A administração de Pillar é, sem dúvida, mais capaz de captar recursos federais, que eram deixados de lado no governo Alair por absoluta falta de interesse e competência.  

No geral, falta muito para a saúde de Cabo Frio ficar boa, mas está bem melhor do que estava em 2015-2016. Torçamos para que continue melhorando. 

Obs
A Saúde é uma uma da piores áreas para qualquer governo administrar. Dificilmente um governo é bem avaliado aqui. O déficit da saúde da população é enorme. Brizola já dizia em 1984 que o setor era um poço sem fundos em termos de consumo de recursos.  

Nenhum comentário: