Total de visualizações de página

domingo, 15 de janeiro de 2017

Rapídinhas



















Obrigado
- Quero agradecer ao amigo Sérgio Santa Roza por mais ajuda para minhas pesquisas e por ter me recebido mais uma vez em sua casa. Abração ! 


Os coqueiros da discórdia I
- O vereador Miguel Alencar, líder do governo na Câmara, me informou que os coqueiros que foram plantados na cidade nos primeiros dias do governo MM foram doações. Ele prometeu me mandar mais detalhes. 


Os coqueiros da discórdia II
- Mesmo que tenham sido doações, não deixa de ser um tiro no pé plantar esses coqueiros agora e em locais não apropriados. A cidade tem outros problemas urgentes a serem resolvidos. Os servidores e os aposentados aguardam ansiosos a resolução de seus proventos, os buracos têm que ser tapados e o lixo recolhido 


Triste
- Uma fonte me disse que o vereador Vanderlei Bento ficou muito triste com o episódio envolvendo sua mãe na Câmara e chegou a chorar 


A ira seletiva de Ilana
- Ilana acusou a nova câmara de ser contra a transparência, mas seu filho fazia a mesma coisa durante o governo Alair. Aliás, seu marido, Silas Bento, já disse que ia vomitar um monte de coisas erradas do governo de MM. Engoliu o vômito. Pq será ? 


O real motivo
- O que parece irritar Ilana e que não está revelado por ela é que houve uma negativa do governo atual em pagar supostos  débitos que algumas empresas de gente ligada aos Bentos tinham na época de Alair. A negativa veio da COMSERCAF. Vou receber detalhes dessas empresas e postar aqui. Aguardem ! Como Ilana quer transparência, vamos mostrar tudo


Dunas do Peró
- A fiscal Marcella Terremoto e sua turma do Meio Ambiente foram nas Dunas do Peró e constataram um mar de absurdos. Vários quiosques se instalaram em área de proteção e até poços estavam sendo construídos. Levaram gente presa e vão quebrar e colocar abaixo várias barracas irregulares ali fixadas. Hoje Marcella vai atuar na Ilha do Japonês. Tremei, meu povo..rs...


Absurdo
- Os salários dos professores do estado vieram com descontos absurdos. Pezão nem mesmo disponibilizou os contracheques de dezembro para que vissem os motivos dos descontos. Não há nem sinal do pagamento das férias. Jamais se viu tanta safadeza com os professores do estado como nesses governos do PMDB


Cabofriense
- A Cabofriense perdeu de 1 x 0 para o Campos e ficou em situação difícil na seletiva do Estadual 

Nenhum comentário: