Total de visualizações de página

quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

Rapidinhas

















Uma tragédia pessoal no século XIX
- Bernarda, escrava de Cabo Frio, uma senhora que estava grávida de sete meses, gravidez esta provavelmente motivada por estupro, se suicidou em 1882 no Rio. E ainda tem historiador que diz que os escravos viviam bem no Brasil.


Vergonhoso I
- Numa certa cidade a prefeitura tinha um débito de 150 mil com um fornecedor. O fornecedor recebeu uma proposta: receber 120 mil e deixar 30 mil para o prefeito. Pensando que não veria mais a grana, o fornecedor aceitou. Vários casos similares ocorreram nos últimos 2 meses nesta pobre cidade


Vergonhoso II
- Numa certa cidade tentaram extorquir uma fornecedora, mas ela começou a chorar. Um funcionário ameaçou chamar a polícia. A fornecedora acabou recebendo sem pagar propina. 


Vergonhoso III
- Em outro local desta mesma prefeitura teve competição para ver quem extorquia mais os fornecedores


Infiel até a alma
- Alair deixou inúmeros comissionados sem os seus salários de setembro em diante. Alguns deles estão passando fome. Mas a safadeza comeu solto na Fazenda e na COMSERCAF. Alair não é fiel a ninguém. Só suas famílias importam


Cidade sem limpeza
- Acabo de saber que Alair dispensou todos os garis da COMSERCAF durante o fim de semana;


Grana nova
- MM já entra na prefeitura com a grana da repatriação na conta, Mas a importância é merreca


A favor
- Inicialmente fui a favor de Alair pegar empréstimo (antes dele dizer que ir ganhar a eleição por causa dele). Pela lógica, sou a favor de MM pegar empréstimo para resolver o débito com os funcionários


Tragédia I
- Em novembro, Cabo Frio perdeu 372 empregos, segundo números do CAGED. Pior: os 4 anos de governo Alair praticamente não criaram novos postos de trabalho na cidade. É uma tragédia.  


Tragédia II
- Não foi apenas em Cabo Frio. Nos últimos 4 anos foram extintos 3.392 empregos na Região dos Lagos


Vergonha mundial
- Mais um assassinato ocorre no Brasil com grande repercussão lá fora: o do embaixador da Grécia. Triste !

Nenhum comentário: