Total de visualizações de página

segunda-feira, 26 de dezembro de 2016

A análise de conjuntura de Igor Fuser






























"A esquerda brasileira, em sua imensa diversidade, tem um núcleo central que pode ser resumido em três siglas: PT, CUT e MST. Se esse eixo estruturante for dissolvido ou anulado, o que restará será apenas o caos. Em lugar de uma alternativa "à esquerda" do petismo, teremos a fragmentação de todo um gigantesco campo político em seitas cada vez menores, cada qual falando um idioma diferente, incompreensível aos demais integrantes da esquerda e às pessoas comuns, e uma fogueira de vaidades formada por uma multidão de caciques sem índio, desconfiados e hostis, uns aos outros. 

Tudo isso, regado pelo discurso pós-moderno incapaz de enxergar a luta de classes, com a substituição da política real por um mundo imaginário onde só existem as identidades de gênero & raça, também fragmentadas e radicalizadas no essencialismo estúpido dos seus adeptos, até chegarem ao átomo, às partículas subatômicas. 

Enquanto isso, a burguesia e o imperialismo dão as cartas e promovem o maior massacre social no Brasil desde os tempos da escravidão e do genocídio dos povos originários"


Dr Igor Fuser - Doutor em Ciência Política, professor do curso de Relações Internacionais da Universidade Federal do ABC (UFABC).

Nenhum comentário: