Total de visualizações de página

terça-feira, 14 de junho de 2016

Fresquinhas




















Pagamento tardio
- O pagamento dos servidores municipais está marcado apenas para dia 21 de junho. Que coisa !


Cadê ?
- Cadê o concurso público de Cabo Frio ?


Revolta
- Familiares e amigos de Rayza Ribeiro acusam a polícia civil de não investigar coisa alguma referente ao assassinato da menina. O pouco que se sabe até agora teria sido descoberto pelos próprios amigos e familiares de Rayzza


Velho Oeste
- O tiroteio comeu solto no Segundo Distrito durante um forró, com 4 mortos e alguns feridos. Não é lindo ? 


Crise  
- A crise chegou ao jornal O Globo, que demitiu 200 funcionários nos últimos dias. Gente com 30 anos de casa foi demitida


O massacre de Orlando I
- A Direita tenta a todo custo retirar o caráter homofóbico do bárbaro massacre ocorrido nos Estados Unidos. Tentam a todo custo associar o criminoso ao Estado Islâmico, mesmo com o pai do sujeito dizendo que o cara pirou quando viu dois homens se beijando 


O massacre de Orlando II
- O fato do assassino ser americano é um problema para a Direita. "Mas ele era filho de imigrantes", dizem. Sim, mas quem não é ? Os Estados Unidos são, desde a orígem, um país de imigrantes. Todos são filhos de imigrantes


Duas justiças
- Duas notícias mostram a diferença entre a justiça brasileira e a francesa. Por aqui, a briga entre torcedores do Palmeiras e Flamengo não rendeu nenhum preso, apenas punições aos clubes. Na França, por causa da briga da semana passada entre ingleses e russos pela Euro, dez pessoas foram presas e já estão condenadas de 6 meses a 2 anos de prisão 


Moedas raras
- Arqueólogos encontraram 16 moedas israelenses de prata do Período Asmoneu, c. 125 a.C. São moedas raríssimas, produzidas em pequena escala na época

Um comentário:

Gabriel De Biase disse...

Pedimos aos amigos influentes que ainda se solidarizam com a situação de calamidade pública que se tornou o 2° distrito que nos ajudem a terminar este governo com o mínimo de dignidade. Sei que é muito difícil pra alguém do Centro imaginar nossos problemas, mas Estamos sem coleta de lixo com urubus pelas ruas, um cenário de guerra. Boatos dizem que um famoso empresário da região se encarregou da coleta,pois a prefeitura sumiu. Estamos sem governo. A criminalidade avança agravada pela falta de segurança devido ao policiamento que demanda muito do único postinho do BPRV em unamar, a iluminação pública precária facilita assaltos. Não podemos deixar que a perversidade e vingança que permeiam o fim do governo Alair transformem Tamoios num barril de pólvora, em meio ao lixo, soterrando sonhos de milhares de pessoas.