Total de visualizações de página

terça-feira, 26 de abril de 2016

Fofoquinhas Bibas do Chicão





















- Enquanto os políticos e candidatos locais se preocupam com suas campanhas, a miséria e a fome rolam soltas em Araçá, segundo distrito. Tem uma família lá vivendo no período paleolítico, com fogão de pedras, sem luz elétrica e numa casa de palha e papelão. Duas crianças foram pegar uma cobra pra comer e foram picadas. Que deus tenha misericórdia dessa família, pois se depender dos humanos, a desgraceira continua

- O Whatsapp do prefeito de Cabo Frio, para que vc reclame de tudo, é 99949-3936. É o Fala Aí

- Garotinho vai dar alguns votinhos para Janio, mas vai tirar um monte. A fúria de alguns servidores em mensagens por in box mostrou isso. Haja conversa fiada para explicar o apoio do PR


- Mas dizem as más línguas que o PRB também pode ir para Janio. Alair pode ficar mais sozinho que o náufrago daquele filme, que pelo menos tinha o Wilson a acompanha-lo




- O colégio estadual Oliveira Botas, em Búzios, é mais um colégio ocupado pelos estudantes neste estado. Rala, Pezão !!!





- Gozado, de repente o Moro sumiu das manchetes. Alguém sabe dele ? 


- Veja a matéria do caderno internacional do jornal El País, o maior da Espanha. A manchete diz "Congresso de Podres vai Julgar Presidenta". Já viu uma vergonha maior para o nosso país ? 

Um comentário:

Gabriel De Biase disse...

Essa realidade é cruel, mas é antiga. Os problemas das periferias no 1° distrito estão longe de ser o único retrato do descaso político de Cabo Frio, eles só se mostram mais visíveis. Mas, não se enganem, pois a realidade é muito pior...
Todos os dias centenas de pessoas passam fome em moradias subnormais no interior do 2°distrito. São lugares sem energia elétrica, sem água, com casas sem banheiros...
Isso só sabe quem quer ver, quem sente, quem conhece lugares como Araçá, São Jacinto, Agrisa, Botafogo... Conhecer a realidade do 2° distrito e de seu interior ainda mais cruel, talvez surreal para aqueles que não tem a oportunidade de sair da praia, é experimentar o resultado da insanidade daqueles que governam essa cidade.