Total de visualizações de página

sábado, 6 de fevereiro de 2016

Fresquinhas






















Carnaval na minha cidade I
Nos quatro carnavais do atual governo Alair passei dois por aqui. Foram duas estadias infernais, pois vi a total ausência do poder público no Peró, bairro onde moro, e onde se faz de tudo impunemente 


Carnaval na minha cidade II
No Peró o vale tudo começou com carros com música alta, casas com som ensurdecedor e carros em cima de calçadas. Transformaram minha rua residencial em local para show de música ao vivo. Pelo que me consta,  para se  fazer um show ao vivo são necessárias 5 autorizações. Mas para essa gente de fora da cidade nada disso é necessário: a cidade é deles. 


Carnaval na minha cidade III
 Enfim, resumindo: fecharam uma rua sem autorização. Usaram Cones para guardar vagas sem autorização. Colocaram caixas de som no máximo voltadas para a rua sem autorização. Colocaram barraca na calçada sem autorização. E por fim, deram show ao vivo sem autorização. 


Carnaval na minha cidade IV
- Os secretários de Alair se esforçam,  mas, sem pessoal, como resolver tantos problemas ? Jaílton Nogueira, sem guardas, depende da PM. Já viu, né ? 


Carnaval na minha cidade V
- Fora isso, o número de turistas na cidade é o menor dos últimos 20 anos e com certeza a mistuta de zika com falta de grana está por trás disso. Os hoteis não lotaram e muita gente não conseguiu alugar casas


Sem explicação
- É incompreensível que Alair tenha atrasado os salários desta vez. Houve uma arrecadação de 9 milhões de royalties, entre parcela mensal e trimestral. Mais a arrecadação do FUNDEB, mais a Cota Única do IPTU, mais as demais taxas e impostos. Calculo que nesse início de fevereiro pelo menos 50 milhões tenham entrado nos cofres públicos. A folha sem contratados custa algo em torno de 28


Alair deve renunciar
- Assim, Alair perdeu totalmente a mão para administrar a cidade e minha sugestão para a família é que ele renuncie, deixando Silas terminar o mandato. Caso contrário, a cidade viverá 10 meses de inferno. Precisamos de paz. Que Alair tenha bom senso 


Caçada racista
- Como viram que não conseguem pegar nada de Dilma, a imprensa bandida e racista deste país virou completamente suas cargas para Lula. Vale de tudo: mentir, tergiversar, iludir, especular. O negócio é destruir a imagem dele para garantir a vitória da Direita em 2018

Nenhum comentário: