Total de visualizações de página

terça-feira, 22 de dezembro de 2015

Rapidinhas




















Parcelamento ?
- Rola boato que Alair vai fazer como Pezão: pagar o décimo terceiro parcelado. A primeira parcela sairia em 28/12. Alair parcelaria o décimo terceiro salário em 4 vezes


Compreensível revolta
- É fácil criticar os servidores por jogarem lixo nas ruas, mas ficar sem salários e/ou décimo terceiro tira qualquer um do sério.  


Greve mantida
- Os professores municipais decidiram ontem em Assembleia manter a greve 


Pezão sacaneia
- Os servidores que foram ao Bradesco ontem tiveram uma surpresa. Em algumas agências, os gerentes nada sabiam sobre o "empréstimo" do décimo terceiro. Em outras os servidores foram surpreendidos com quantias irrisórias disponíveis. Os servidores do Estado nunca foram humilhados desta forma


Servidores em revolta
- O pau comeu ontem na Alerj, com os servidores protestando contra o atraso nos pagamentos. Alguns pedetistas que criticam Alair pelo trato copm os servidores municipais, ficam calados sobre o mal que Pezão faz contra os servidores estaduais. Tudo por conta de interesses políticos pessoais. É uma vergonha !


Cunha "vence"
- Segundo o Datafolha, 60 % dos deputados do Congresso são favoráveis à cassação de Cunha mas apenas 42 % dos deputados se dizem favoráveis ao impeachment


Mujica aconselha
- Durante a Conferência da Juventude, o ex presidente Mujica, do Uruguai, disse o seguinte sobre as tentativas de golpe: “É difícil que o sistema político, judiciário e os grandes meios de imprensa estejam conscientes do mal em que está metido o Brasil e das consequências que tem para todos os latino-americanos. Humildemente chamo a atenção das pessoas mais responsáveis. Nesse caso não há ganhadores, nesse caso são todos perdedores”


Liderança
- O Pálio voltou ao ranking de carro zero mais financiado do Brasil 


Goleiro vindo
- O Flamengo deve contratar Alex Muralha, o bom goleiro do Figueirense

Um comentário:

Família disse...

Salário do trabalhador é sagrado, só um coronel atrasa os salários e depois solta uma justificativa responsabilizando os trabalhadores pelo protesto. É o mesmo que culpar a vítima. responsabilizar os professores pela greve. O único responsável é o empregador, que deve o salário. Não queremos fogos e festas pra turistas. Queremos nossos trabalhadores sendo tratados com respeitos. Alair, MM e Jânio, tudo no mesmo barco. Só coronéis que querem ferrar a população.