Total de visualizações de página

sexta-feira, 13 de novembro de 2015

Fresquinhas



















A crise
- Papo de um secretário ontem. A cidade está de tal forma que para pagar os salários de novembro, dezembro e o décimo terceiro Alair teria que dispor de cerca de 100 milhões. Ele, na melhor das hipóteses, arrecadará entre 70 e 75 milhões nos próximos dois meses 


Lotado
- O Cháritas lotou para o lançamento do novo livro de Meri Damaceno, "Guardas da Memória II". Parte significativa dos representates da tradicional sociedade cabofriense apareceu







É hoje
- Hoje é o dia do lançamento do novo livro de Elísio Gomes (A Conquista do Paraíso dos Tamoios), no Cháritas, a partir das 19 horas


Festa com protesto
- Ontem ocorreu a festa  de entrega do título de cidadão cabofriense. A festa ocorreu no Tamoyo. Houve protesto do SEPE Lagos na porta do clube 


Viradão
- Ontem também rolou o Viradão Cultural, com uma série de artistas que foram contemplados no Proedi


Alair e Dilma 
- Cabo Frio vive um pouco o que vive o país. O governante máximo está com a popularidade em baixa por causa da crise, em condições frágeis de governabilidade, mas a oposição não tem força para derrubar o governo 


Menino sapeca
- Um defensor do impeachment de Dilma foi preso ontem com um monte de armas de fogo, coquetel molotov e taco de beisebol. Este "Homem de Bem" é sargento da reserva da PM de Brasília e estava acampado na Pça dos Três Poderes


Cristão "sábio"
- Um pastor americano aconselhou seus fieis. Ele disse que é melhor afogar um filho do que deixa-lo ler Harry Potter. É tanta sabedoria que faria inveja a Aristóteles 


Acumulou de novo
- A Mega Sena acumulou novamente e vai pagar agora 110 milhões. Os números sorteados foram 10 - 24 - 25 - 36 - 47 - 48.


Salvando os caninos
- O presidente do Botafogo tem uma ONG que já salvou 3500 cães e gatos abandonados. É a Cachorrada salvando a cachorrada..rs..

2 comentários:

Lady Laura disse...

Professor, eu não sou oposição! Sou funcionária pública desta cidade. Concordo com vc, partidos e sindicatos sozinhos não têm força para derrubar governo algum. Mas, não dá para fechar os olhos para o caos em que se encontra a cidade. Quando a população passa a ter entendimento de que não esse caos não é culpa só dá crise, mas de uma sucessão de erros inacreditáveis, mostra sim a sua força.

Prof. Chicão disse...

Às vezes tem força para derrubar, sim, como foi no caso de Collor e de tantos prefeitos por aí. Mas não é o caso daqui e nem me parece o de Dilma, já que Alair tem grande maioria na e Dilma não tem a oposição numerosa