Total de visualizações de página

domingo, 21 de fevereiro de 2010

O caso Starchild. Humano ou ET ?

Crânio encontrado


Reconstituição do rosto



- O crânio de um suposto menino híbrido entre humano e extraterrestre encontrado no México em 1930 está dando o que falar. O crânio foi encontrado em uma caverna ao lado de um outro crânio comum de um adulto;

- Testes de datação apontam que ambos viveram em 900 DC, época em que os Astecas dominavam a região;

- Testes de DNA surpreenderam os cientistas. Eles apontaram que o menino tinha mãe humana, mas que não apontam um pai. “O DNA mitocondrial não foi encontrado. Se ele tinha um pai, não era deste mundo”, afirma Lloyd Pye, um dos geneticistas encarregados da extração do DNA, e coordenador do projeto Starcheild;

- O crânio é 20 % maior do que o de um menino normal. As narinas são muito pequenas, assim como a boca. Os olhos são grandes e arredondados. Segundo os pesquisadores, o cérebro do menino era 22 % maior do que o de um ser humano comum;

- Para o diretor da UFO Magazine nos EUA, Bill Birnes, o crânio prova que Extraterrestres nos visitam há milhares de anos: “A reconstituição do rosto do menino mostrou que ele era idêntico ao rosto de muitos ETs avistados hoje e aos de muitos deuses desenhados por culturas passadas em pedras e outros suportes”, afirma;

- Os Astecas tinham em sua mitologia a história de que deuses tinham vindo do céu para ajudá-los. O deus Quetzacoalt teria sido um desses deuses, que prometeu voltar. Quando os espanhóis chegaram na América, os astecas pensaram inicialmente tratar-se de Quetzacoalt;

- Para alguns esotéricos, trata-se de um híbrido de humano com um Grey, uma raça de ETs que têm visitado a Terra há milhares de anos e que em 1979 teria entrado em guerra com agentes do FBI e da CIA na base de Dulce, no EUA (ver matéria neste blog).

- Os Greys, segundo este grupo, não têm boas intenções e pretendem deixar descendentes híbridos entre nós para motivos nada nobres. Eles também estariam por trás das mutilações de gado denunciadas por fazendeiros em todo mundo;

- Nem todos, porém, acreditam que o crânio encontrado era de um híbrido. Alguns cientistas aventam a hipótese de o menino ter tido uma anomalia provocada por hidrocefalia, embora os crânios com essa deformidade apresentem outro formato;

Nenhum comentário: